quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Amor e Graça sem medida!

Oi amigos de Blog, a história de Sara continua e já que o carnaval já foi, acho que agora podemos voltar a rotina ok? Então vamos ver mais uma parte dessa linda história que nos aponta para a fidelidade, a graça e o grande amor de Deus para conosco.

Qdo Abrão estava com 99 anos o Senhor lhe apareceu e lhe disse: "Eu sou o Deus todo-poderoso, ande segundo a minha vontade e seja íntegro. Estabelecerei a minha aliança entre mim e vc e multiplicarei muitíssimo a sua descendência."
Abrão prostou-se rosto em terra e Deus lhe disse: "De minha parte, esta é a minha aliança com vc. Vc será pai de muitas nações. Não será mais chamado de Abrão; seu nome será Abraão. Eu o tornarei extremamente prolífero; de vc farei nações e de vc procederão reis. Estabelecerei a minha aliança como aliança eterna entre mim e vc e seus futuros descendentes, para ser o seu Deus e o Deus dos seus descendentes; e serei o Deus deles.
"De sua parte"; disse Deus a Abração, "Guarde a minha aliança, tanto vc como seus futuros descendentes. Essa é minha aliança com vc e seus descendentes. Aliança que terá que ser guardada. E então, Deus passa a descrever os termos práticos e"legais" dessa aliança, pra que os descendentes de Abraão, fossem reconhecidos como parte da aliança de Deus com ele.

E termina dizendo: "Agora a sua mulher já não será mais chamada de Sarai, mas Sara, pois eu a abençoarei e por meio dela, lhe darei um filho. Apartir dela procederão nações e reis de povos.
Então Abraão, prostrou-se, rosto em terra; riu e disse a si mesmo: "Poderá um homem de cem anos de idade gerar um filho? Poderá Sara aos noventa anos de idade gerar um filho?" E disse a Deus: "Permite que Ismael seja o meu herdeiro."

Vamos refletir um pouco: Não é a primeira vez que Deus fala com Abraão, ele já tinha ouvido essa promessa antes; e junto com Sara inclusive, fizeram a besteira de tentar "ajudar" a Deus a cumprir sua promessa. Agora Deus reafirma a promessa, mas ele insiste em olhar pras circunstâncias e im-probabilidades humanas e achar que Deus não estava entendendo..... ele e Sara já estavam muito velhos, era impossível isso acontecer, então mais uma vez, ele tenta ajudar a Deus, dizendo que ele já tinha Ismael, não seria mais fácil se Deus fizesse dele o herdeiro de Abraão?

É ele mesmo, estamos falando de Abraão, o homem conhecido biblicamente como o "PAI DA FÉ"! Vcs chamariam isso de fé? Ele achava humanamente impossível essa promessa se cumprir dessa maneira. Tanto que ele tratou logo de arrumar um filho com Agar e isso, muitos anos mais novo do que ele era agora. Vamos combinar tb que, se dependesse dele, nem Ismael ele teria, já que o pobrezinho, fora abandonado pelo pai omisso, nas mãos crueis e vingativas de Sara. E que só não morreu, pq Deus interviu na estupidez de cada um deles salvando o menino e a mãe.
Mas, já que ele sobrevivera, então, mais fácil seria que Deus fizesse dele o herdeiro.

E como é que Deus aje com Abraão nesta situação? Desiste dele? Se infurece com ele? Não! Pacientemente, Deus responde a dúvida e sugestão de Abraão com toda calma.
E isto em minha opinião, é muito lindo por parte de Deus.
AlÔÔ! Estamos falando do DEUS TODO PODEROSO, criador dos céus e da terra e de tudo que neles há! Mas Ele nos ama e nos aceita exatamente como somos, com todas as nossas limitações e defeitos. Tudo que ele quer de Abraão, é que este se submeta a vontade Dele e aceite a aliança que Deus lhe propôs, o resto Ele mesmo fará, a despeito de nossa interferência ou não, de acreditarmos ou não em seus métodos.
Ele se relaciona conosco com amor e graça. Amor e graça que nos constrange, por não sermos merecedores. Amor e graça que vai além de todo o seu poder. Amor e graça que nos transforma. Amor e graça que nos eleva da condição de escravos à condição de filhos amados. Amor e graça que nos faz a semelhança de Cristo, o seu único e verdadeiro Filho. Amor e graça tão grandes, que o faz doar esse seu único Filho em nosso favor, pra que através de seu sacrifício, fossemos reconciliados com Deus e vivessemos com ele aqui e por toda a eternidade.

Abraão, estava só começando essa sua caminhada ao lado do Deus todo poderoso, ele tinha muito que aprender, mas Abraão tinha uma característica fundamental em seu relacionamento com Deus, ele era totalmente submisso ao querer e governo de Deus pra sua vida. Essa é a sua diferença! Ele estava entregue a vontade de Deus.
E vc? E eu? Como temos respondido a essa aliança que Deus nos tem proposto através do sacrifício de Jesus? Eu quero ser como Abraão, mesmo sem entender, mesmo achando impossível, eu quero ver a sua obra feita em mim. Quero o governo absoluto Dele sobre a minha história. E por isso, a Ele eu me entrego todos os dias. Que o mesmo aconteça com vc... E a benção de Deus estará sobre vc.

5 comentários:

  1. Su!
    Estou buscando isso a cada dia! É difícil deixar de tentar ter o controle... mas Deus é amoroso e misericordioso! Mesmo Abraão não acreditando, Deus cumpriu a promessa Dele!
    Demais!

    ResponderExcluir
  2. amém! lindo post!
    é isso aí... submissão diária
    bjos... amo te!

    ResponderExcluir
  3. é abraão deixa de aperreio e confia ;)

    ResponderExcluir
  4. Amém! É exatamente isto que cada um de nós de fato deve buscar a cada dia. Amo você!

    ResponderExcluir
  5. com certeza quero ser como Abraão...
    Bjos com amor.

    ResponderExcluir